Dislexia – Informações Básicas

 

O que é a Dislexia? A Dislexia é uma desordem neurológica que torna a leitura difícil para uma criança. Não tem nenhuma relação com a inteligência ou o quão inteligente a criança é. Uma criança disléxica é tão inteligente ou mais do que as crianças da mesma idade. Entretanto, os disléxicos têm diferenças no cérebro que afetam a forma de processamento e interpretação das palavras escritas. Estas crianças têm dificuldade de entender as conexões entre as letras (ou grupos de letras) e os seus sons.

Quais são os sintomas da Dislexia? O principal sintoma é a incapacidade de ler tão bem como as outras crianças da mesma idade e mesma série escolar.

Quais são os sinais da Dislexia? Os sinais são diferentes dependendo da idade:

Na pré-escola pode haver dificuldade em:
●Aprender cantigas infantis
●Brincar de rimar
●Pronunciar palavras que soam semelhantes
●Aprender e lembrar os nomes das letras

Nas séries iniciais pode haver dificuldade em:
●Aprender as letras
●Ler ou soletrar as palavras

Durante as séries iniciais, as crianças com dislexia têm dificuldade na leitura em voz alta e na soletração. Elas costumam ler muito lentamente, tentando adivinhar as palavras que não conhecem e acabam cometendo inúmeros erros. Elas também têm dificuldade em nomear objetos, mas não de reconhecê-los. Por exemplo, elas podem não conseguir nomear um relógio que você está apontando com o dedo, mas conseguem apontar para ele caso você pergunte onde está o relógio. As crianças disléxicas são inteligentes, são curiosas e tem a imaginação preservada.

A escrita também pode estar comprometida na Dislexia? Sim. Veja exemplos abaixo:

Exemplo 01

Exemplo 02

Exemplo 03

Exemplo 04

Como se comportam as crianças com Dislexia? Já que apresentam dificuldade na leitura, acabam evitando a leitura, principalmente em público. Isso gera um sério problema de insegurança e baixa autoestima. À medida que elas crescem as dificuldades também aumentam e o rendimento escolar cai bastante, às vezes levando a criança a não querer mais frequentar a escola. Daí a importância do diagnóstico e tratamento precoces.

Meu filho necessita realizar algum exame ou teste? Sim, mas são testes, não exames. Geralmente estes testes são realizados por um neuropediatra, por um psicólogo que saiba realizar uma avaliação neuropsicológica completa ou por um psicopedagogo. Estes profissionais irão avaliar a leitura da criança e também outros aspectos que podem influenciar no aprendizado.

Como a Dislexia é tratada? A Dislexia é tratada com educação especializada e por professores com formação adequada para este distúrbio da aprendizagem, geralmente psicopedagogos. Estes educadores focam em ajudar a criança a aprender os nomes e sons das letras, como as palavras e partes de palavras se parecem e soam, como fragmentar as palavras em diferentes partes, além dos significados das diferentes palavras.

Como a escola e os professores podem ajudar a criança disléxica? Além de ter o acompanhamento de um professor especializado, a criança deve ter mais tarefas audiovisuais (provas orais, por exemplo) em vez de só matéria escrita, além de mais tempo para a realização das atividades escolares.

Há algo que eu possa fazer para ajudar o meu filho? Sim. O mais importante que você pode fazer é praticar a leitura em voz alta com o seu filho. Há vários produtos no mercado que alegam ajudar a criança disléxica, mas não há provas de que realmente funcionem. Lembre-se que a criança disléxica não é preguiçosa. Há apenas algumas diferenças no cérebro destas crianças que torna a leitura mais difícil para elas.


Referências: UpToDate https://www.uptodate.com/contents/dyslexia-the-basics?source=see_link

Curta o site e compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta